Lula: ‘PT governará por 20 anos’

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Ex-presidente diz que partido deve apostar em alianças com setores mais conservadores para conquistar eleitorado paulistano….

“Quando o Fernando Henrique ganhou as eleições em 1994, eles projetaram 20 anos de governança do PSDB, e o que vai acontecer é que teremos 20 anos de governança do PT. Eles não se conformam com o fato de que o PT vai ter o tempo necessário para mudar definitivamente a cara do Brasil”, afirmou o ex-presidente Lula, nesta quarta-feira, 20, em entrevista à TVT (TV do Trabalhador), que pertence ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde Lula começou sua carreira política.

O ex-presidente ironizou a profecia do tucano Sérgio Motta, ministro das Comunicações de FHC, que disse em 1995, que o PSDB tinha “um projeto de poder para 20 anos”. Para que a previsão se confirme, o partido terá que vencer as disputas presidenciais de 2014 e 2018, acumulando cinco vitórias seguidas desde a sua eleição, em 2002.

Lula disse que o PSDB sofre de “fragilidade ideológica” e não tem um “perfil ideológico definido”. Para ele, o quadro é agravado por “disputas internas” entre o ex-governador José Serra, o senador Aécio Neves (MG) e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.
“A crise do PSDB é uma crise de identidade. Primeiro, tem a disputa interna: Serra, Alckmin e Aécio. Depois, tem as brigas nos Estados. Pessoas estão desconfortáveis”, avaliou o ex-presidente, que afirma que uma vitória do PT na capital paulista está próxima. “Precisamos apenas montar a chapa perfeita”, declarou Lula, que, na véspera, defendeu, em uma reunião do partido, a escolha de um vice à sua direita, com perfil mais conservador.

“O PT não precisa encontrar um vice à esquerda do PT”, disse Lula. “O PT vai ganhar em São Paulo quando encontrar seu José Alencar. O que ele significou para mim em termos de composição política foi extraordinário. O vice tem que ser um representante de setores médios da sociedade, pequeno empresariado, profissionais liberais. Aquelas pessoas que ainda tem um pouco de cisma do PT”, afirmou o ex-presidente.

Deixe um comentário