Lobão aprova projeto que beneficia grandes empresas

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Projeto recebeu aval do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, dias antes de ele deixar o cargo para concorrer ao Senado nas eleições de outubro.

A medida beneficia grandes empresas que têm fábricas no nordeste: sete conglomerados industriais poderão comprar energia a um preço inferior ao adotado pelo mercado ao longo dos próximos cinco anos.

Vale, Braskem, Dow Química, Gerdau, Caraíba Metais, Novelis e Ferbasa afirmam que o reajuste dos contratos fechados com a Chesf, subsidiária da Eletrobras, causaria demissões e fechamento de fábricas.

Estima-se que a decisão do governo faça com que a Chesf perca entre R$ 350 milhões e R$ 400 milhões por ano. Esses grandes conglomerados pagam hoje 30% a menos por megawatt/hora do que o preço médio de mercado.

Deixe um comentário