Lideranças evangélicas avançam na Câmara

.
feliciano_fabiopozzebom_abrReeleito com quase o dobro da votação de 2010, o deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) terá a companhia de dezenas de lideranças evangélicas na Câmara a partir de 2015. Levantamento preliminar do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) indica que pelo menos 43 líderes evangélicos se elegeram deputados federais nesse domingo (5). O Diap projeta, no entanto, que a nova bancada evangélica será maior do que a eleita em 2010, quando 70 evangélicos conquistaram uma cadeira na Câmara. Há pelo menos cinco religiosos da Igreja Universal do Reino de Deus, oito da Assembleia de Deus e cinco da Igreja Batista.

A pesquisa reúne bispos, pastores e cantores gospel, além de parlamentares que têm no segmento evangélico a maior parte de seu eleitorado. São 32 deputados reeleitos e 13 novos. Entre eles, estão alguns dos campeões de votos nesta eleição. É o caso de Christiane Yared (PTN), pastora evangélica, que chega à Casa na condição de deputada mais votada da bancada paranaense. Em sua estreia nas urnas, ela recebeu mais de 200 mil votos.

Entre os reeleitos está o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), que teve mais de 232 mil votos – a terceira maior votação entre os parlamentares fluminenses. Além de Christiane Yared, Eduardo Cunha e Marco Feliciano – o terceiro mais votado em São Paulo com quase 400 mil votos -, outro evangélico que ficou entre os campeões de voto foi o Pastor Eurico (PSB-PE), reeleito para mais um mandato. Os quatro parlamentares tiveram votos suficientes para se elegerem sozinhos, sem a necessidade de somar os votos do partido ou coligação. Nesta eleição, apenas 35 deputados alcançaram esse feito, ou seja, atingiram o chamado quociente eleitoral.

Veja a lista preliminar da bancada evangélica, segundo o Diap:

 

Por Edson Sardinha – Congresso em Foco

Deixe um comentário