Líder do DEM chama Lula de ‘debochado’ e quer fim de viagens

Fonte: votebrasil.com

“O presidente está afrontando a democracia e ignorando por completo a legislação eleitoral. Pretendo entrar com uma ação para coibir estes abusos”…

O líder do DEM no Congresso, deputado federal Paulo Bornhausen, chamou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de “debochado” e ameaçou entrar com uma nova ação para coibir as viagens presidenciais na reta final de campanha.

A irritação de Bornhausen ocorreu após a divulgação da agenda de Lula em Santa Catarina na próxima segunda-feira (13). O presidente participa de inaugurações de trechos da BR 101 em Criciúma e de parte da recuperação do porto de Itajaí, destruído após as enchentes de 2008.

“O presidente está afrontando a democracia e ignorando por completo a legislação eleitoral. Pretendo entrar com uma ação para coibir estes abusos”, disse Borhausen na manhã deste sábado (11), durante uma caminhada em Palhoça, cidade da região metropolitana de Florianópolis. “Ele está debochando do povo brasileiro com o uso máquina pública em benefício da sua candidata”.

De acordo com Bornhausen, a viagem de Lula a Santa Catarina seria “fajuta” com o intuito de inaugurar “obras pela metade”. “Lula fará inaugurações fictícias de uma obra inacabada, cujas melhores previsões empurram a conclusão da duplicação para 2015”, afirmou.

“A visita do presidente em fim de mandato representará uma pá de cal nas pretensões de Dilma, Ideli Salvatti e seu grupo político Não é possível que o povo catarinense engula mais esse deboche”.

A agenda de Lula em Santa Catarina prevê passagens por Criciúma, Florianópolis e Itajaí para inaugurações durante o dia. Em Joinville, o presidente ainda participa de um comício com a candidata do PT à sucessão, Dilma Rousseff, durante a noite.

Deixe um comentário