Lewandowski absolve João Paulo Cunha de corrupção

O revisor do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, votou pela absolvição do deputado João Paulo Cunha (PT-SP) da acusação de corrupção passiva. Esta é a primeira divergência do ministro com Joaquim Barbosa, o relator da Ação Penal 470.

Deixe um comentário