Brasil  

Kátia Abreu é a parlamentar mais perigosa do Brasil, diz ‘Guardian’

.

timtUma reportagem publicada na última segunda-feira, 05, no jornal britânico Guardian traça o perfil de Kátia Abreu (PMDB-TO) e classifica a senadora como “a mais proeminente e perigosa parlamentar do Brasil”.

Considerada uma das vozes mais ativas em defesa do lobby ruralista, Kátia teve um papel importante em tornar mais flexível o Novo Código Florestal Brasileiro, aprovado em 2012. A senadora também defende a construção de mais estradas na Amazônia e um controle mais rígido sobre as reservas indígenas brasileiras. Segundo o jornal, tais medidas fizeram Kátia ganhar de seus opositores e de membros do Greenpeace Brasil o apelido de “Miss Desmatamento” e “Rainha da Motosserra”.

De acordo com o texto, o sonho de Kátia é fazer o Brasil superar os EUA como o maior produtor mundial de alimentos, setor responsável por 23% da economia brasileira.

Na entrevista, ela diz que o cenário mudou desde que Marina Silva deixou o Ministério da Agricultura. Durante seu mandato, Marina implementou uma série de medidas para conter o desmatamento e proteger aldeias indígenas. “Por muitos anos, representantes do agronegócio foram tratados como criminosos, agora isso mudou. Temos influência política”.

Impasse com o Greenpeace

No ano passado, a senadora perdeu um processo contra membros do Greenpeace por danos morais. Um artigo publicado na última segunda-feira, 05, no blog da senadora, critica a organização e uma entrevista dada em abril deste ano pelo seu diretor executivo, Kumi Naidoo, ao jornal Valor.

No artigo, a senadora acusa Naidoo de “ecoterrorismo” e de não respeitar o trabalho dos cientistas do IPCC, comissão da ONU criada para avaliar as mudanças climáticas.

 

                 www.opiniaoenoticia.com.br

Deixe um comentário