Justiça decide a favor de revelação de supersalários

PalacioJustica_redux-285x280A Justiça decidiu mais uma vez a favor da publicação de reportagens que revelam nomes de políticos e funcionários  com supersalários, os que recebem acima do limite legal, hoje fixado em R$ 28 mil por mês. O Tribunal de Justiça do Distrito Federal negou indenização ao ex-diretor geral do Senado Haroldo Tajra, que queria obter R$ 82 mil porque o Congresso em Foco noticiou que ele recebia R$ 27.538,62 em agosto de 2009.

Deixe um comentário