Julgamento de planos econômicos pode ser interrompido no STF

politica-mensalao-20130814-03-originalIntegrantes do Supremo Tribunal Federal já admitem a possibilidade de não julgar os chamados planos econômicos, se o novo ministro, Luiz Edson Fachin, se declarar impedido de analisar o tema. Isso porque o Supremo precisa de ao menos 8 ministros para julgar a questão e 3 já se declararam impedidos.

Deixe um comentário