Jucá é aposta de Renan para presidir PMDB, diz jornal

.
índiceReportagem publicada nesta terça-feira (12) pelo jornal Valor Econômico afirma que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), articula a candidatura do senador Romero Jucá (PMDB-RR) para presidir a legenda. “Jucá não esconde o desejo de presidir o PMDB, mas não demonstrou, até o momento, predisposição para esgrimar com [o atual vice-presidente da República, Michel] Temer”, afirma o periódico. A convenção peemedebista está prevista para março próximo.

Aliado de primeira hora do governo Dilma Rousseff, Renan já tentou, sem sucesso, tirar o comando do PMDB das mãos de Temer. Em 2007, junto com o ex-presidente José Sarney, o alagoano articulou a candidatura do ex-ministro Nelson Jobim. Este, no entanto, retirou seu nome às vésperas da convenção por considerar que perderia a disputa.

Por sua vez, Temer, que comanda o partido há 15 anos e se definiu como “vice decorativo” de Dilma, vai rodar o país para tentar permanecer comandando da legenda. O discurso é de unidade partidária, mas o atual presidente do PMDB destaca que não vai fugir de uma eventual disputa.

No roteiro de Temer estão diretórios considerados vitais para a continuidade de sua gestão. O do Rio de Janeiro, comandado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Jorge Picciani, é o principal deles. Pai do deputado federal Leonardo Picciani, destituído da liderança do PMDB na Câmara no ano passado por suposta interferência de Temer; o cacique fluminense promete oferecer forte oposição ao atual comando nacional peemedebista.

Outros diretórios vitais, e que estão divididos, são os de Minas Gerais e Mato Grosso. A “Caravana da Unidade” de Temer, que vai percorrer todas as regiões do país, começa no próximo dia 28 de janeiro.

 

Fonte: Congresso em Foco

Deixe um comentário