Brasil  

Jornalista Amaury Ribeiro Jr. acusa deputado do PT de espionar campanha de Dilma Rousseff

 
Redação Portal IMPRENSA

O jornalista Amaury Ribeiro Jr., responsável por encomendar a quebra de sigilo fiscal de pessoas ligadas ao PSDB, afirmou à Polícia Federal (PF) que o deputado estadual Rui Falcão (PT-SP) – um dos coordenadores da campanha de Dilma Rousseff à Presidência – colocou dois espiões no comitê eleitoral do partido, sediado em Brasília (DF).

Segundo o jornalista, Falcão os teria apresentado como “voluntários” e militantes do PT paulista. A motivação seria a disputa pelo orçamento milionário dos serviços de comunicação da campanha.

À PF, Ribeiro Jr. afirmou que acredita que “o grupo do PT paulista” tenha sido o responsável pelo vazamento de informações da coordenação de Dilma entre abril e maio deste ano, informa o jornal O Estado de S.Paulo.

Em depoimento anterior, o jornalista acusou Falcão de roubar dados de seu computador pessoal sobre pessoas ligadas ao PSDB e ao candidato à Presidência José Serra.

Deixe um comentário