Já passam de 300 o números de pessoas em poder dos sequestradores somalianos

Deixe um comentário