Mundo  

Irã reage a Lula de maneira ríspida

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

O caso de Sakineh Ashtiani vem gerando grande comoção internacional.

O ministério iraniano das Relações Exteriores reagiu de forma ríspida nesta terça-feira, 3, à oferta do presidente Lula de dar asilo a Sakineh Ashtiani, iraniana condenada à morte por apedrejamento por supostamente ter sido infiel ao seu marido.

“O presidente da Silva tem uma personalidade muito emotiva e humana, mas provavelmente não tem informação suficiente sobre o assunto”, disse em Teerã o porta-voz do corpo diplomático iraniano, Ramin Mehmanparast.

Teerã quer mudar ‘versão’

O jornal norte-americano The New York Times escreveu que “o comentário [de Mehmanparast] veio após reportagens do serviço de notícias conservador Jahan, que afirmou, sem citar fontes, que Ashtiani havia sido condenada pelo assassinato de seu marido, mas que os juízes não haviam liberado informações à imprensa porque os detalhes da morte ‘eram demasiadamente assustadores’”.

O caso de Sakineh Ashtiani, que tem 43 anos de idade e é mãe de dois filhos, vem gerando grande comoção internacional. A oferta brasileira fez aumentar a pressão e, diante disso, o Irã parece querer mudar a sua “versão” para uma em que o principal crime de Ashtiani passa a ser o de “assassinato”, diz o jornal.

Deixe um comentário