Brasil  

Instituto Sensus é multado por TSE

Fonte: opiniãoenoticia.com.br

A pesquisa divulgada em 13 de abril que apontou empate técnico entre os pré-candidatos à Presidência José Serra (32,7%) e Dilma Rousseff (32,4%) foi considerado um resultado antecipado de pesquisa e rendeu multa ao Instituto Sensus. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu multar em R$ 53,2 mil o órgão, por ter divulgado pesquisa antes do prazo estabelecido por lei.

O TSE afirmou que não cabe recurso à decisão, que teve por base a representação do PSDB contra o instituto. O partido justificou que o órgão violou o prazo de cinco dias para divulgação. A legenda recebeu autorização da Justiça para fiscalizar a pesquisa.

Entenda o erro do Instituto Sensus

Inicialmente, a pesquisa foi registrada no dia 5 de abril como pedido do Sindicato de Trabalhadores em Concessionárias de Rodovias (Sindecrep), que negou tê-la encomendado.

Depois, no dia 9 de abril, teve um segundo registrado em nome do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção Pesada de São Paulo (Sintrapav). De acordo com a regra, a divulgação deveria ter sido feita no dia 14, um dia depois da data em foi divulgada.

O Intituto Sensus alegou ter cometido um erro no momento em que preenchia o formulário do registro, trocando o nome dos sindicatos.

Deixe um comentário