Inflação só vai voltar para a meta em 2016, diz Banco Central

.
timtO Banco Central divulgou nesta quinta-feira, 11, uma ata explicando por que manteve sua taxa de juros em 11% ao ano e quais são as intenções futuras do órgão.

Na ata divulgada, o órgão explicou que não pode reduzir os juros porque a inflação está alta, mas também não pode elevá-los porque a economia demonstra alguns sinais de recessão. Segundo o órgão, a inflação só começará a cair em 2016 e não há previsão de quando a meta de 4,5% será atingida. A inflação atual está acima da meta desde 2010 e nos últimos meses ficou 0,01 ponto percentual acima do teto de 6,5%.

Para o BC, a tendência de retração do crescimento econômico não deve acabar tão cedo, o que gera desânimo entre empresários e consumidores e acaba por segurar a alta dos preços. O Produto Interno Bruto caiu 0,2% no primeiro trimestre e 0,6% no segundo e as previsões para o ano se aproximam de zero.

O Comitê de Política Monetária (Copom) ressaltou que a dinâmica salarial causada por um mercado de trabalho aquecido está causando pressão inflacionária de custo. Em outras palavras, o mercado de trabalho precisa desacelerar um pouco para que a inflação baixe.

Deixe um comentário