‘Impeachment sem crime é golpe’, diz Dilma

.
113121_697x437_crop_56a69fca414c1A presidente Dilma fez nesta terça-feira, 22, seu mais duro discurso contra o processo de impeachment aberto na Câmara contra o governo.

O discurso foi feito após Dilma passar a manhã reunida com centenas de juristas que foram a Brasília manifestar apoio à sua permanência na presidência e entregar a ela uma carta repudiando a decisão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de apoiar o processo de impeachment.

Por várias vezes, Dilma chamou de golpe o processo de impeachment e declarou que “jamais renunciará sob qualquer hipótese”. A presidente também comparou o atual momento de seu governo à Campanha da Legalidade, lançada por Brizola em 1961 para defender o mandato de João Goulart. “Jamais imaginei voltar ao momento em que se fizesse necessário mobilizar a sociedade em torno de uma nova campanha pela legalidade, como estamos fazendo hoje.”

Afirmando ter energia e disposição para lutar pela estabilidade democrática, Dilma disse que a Constituição brasileira prevê o impeachment somente quando apoiado em provas inquestionáveis. Do contrário, segundo ela, “o afastamento da presidente torna-se ele próprio um crime contra a democracia”.

“Dirijo-me a vocês com a consciência tranquila de que não cometi qualquer ato que possa caracterizar qualquer ato de responsabilidade. Dirijo-me com a certeza de ter buscado assegurar que a inclusão social conquistada nos últimos anos seja mantida, garantida e expandida”.

A presidente disse ainda que busca tolerância, diálogo e paz e encerrou seu discurso usando o bordão adotado por aliados e simpatizantes do governo. “Não vai ter golpe”, disse Dilma.

Além dos juristas, Dilma também recebeu uma carta de apoio de Alicia Bárcena, secretária executiva da Comissão Econômica para América Latina e Caribe (Cepal). Na carta, Alicia diz que Dilma sofre um julgamento sem provas e um ataque midiático que tenta encerrar o mandato conferido nas urnas. A secretária também expressa preocupação com a continuidade dos programas sociais do Brasil, que afirma ter sido um dos países mais exitosos na redução da pobreza.

 

Fonte: Opinião&Notícia

Deixe um comentário