Impeachment não é ‘golpismo’, diz líder tucano

images_cms-image-000417563Para senador Cássio Cunha Lima, não se pode ter “arrepios” ou falar em “golpismo” quando se cita o impeachment, pois ele está na Constituição e na boca do povo; “Ao pronunciar a palavra não pode haver arrepios ou nem sequer reações que podem ser traduzidas como golpistas. Não estamos falando nisso. Mas quem fala nisso, e em tom cada vez mais alto, é o povo brasileiro.

Deixe um comentário