Horário eleitoral custa R$ 850 milhões para governo

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Marqueteiros duvidam da eficácia de propagandas

O horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão vai custar cerca de R$ 900 milhões aos cofres públicos — em isenções tributárias. E, para dois dos mais conhecidos marqueteiros do país, poderia ser extinto.

Duda Mendonça e Antonio Lavareda afirmam que as propagandas curtas são eficazes, mas que os dois programas diários de 25 minutos têm o efeito contrário: são caras e poderiam ser trocadas por debate entre os candidatos.

“Programa eleitoral em bloco só serve para encarecer campanha. Não tem papel de persuasão. Eleitor não presta atenção e, quando presta, é pouco afetado”, diz Lavareda.

Gastos em propaganda

De acordo com levantamento realizado pela ONG Contas Abertas, a Receita Federal deixará de arrecadar neste ano cerca de R$ 856 milhões em razão do horário eleitoral gratuito. Este montante é o suficiente para custear um ano de estudo para 635 mil alunos, um contingente de estudantes de rede pública de uma grande

Deixe um comentário