Governo bate o pé em dois pontos para a realização dos jogos da Copa

A presidente Dilma Rousseff elevou a voz diante das exigências da Fifa. Mas a resistência do governo brasileiro vai ater-se às questões federais, como a garantia da meia-entrada para os idosos durante as partidas ou a obrigatoriedade para que a emissora oficial dos jogos repasse, em até duas horas, 6% das imagens para os demais canais de televisão.

Deixe um comentário