Governistas pedem investigação de denúncias contra Paulo Preto e PSDB

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Denúncias envolvem desvio de R$ 4 milhões da campanha de José Serra. Segundo representação, fatos ‘caracterizam caixa dois’.

Os líderes do governo e do PT na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza e Fernando Ferro, protocolaram, nesta terça-feira,19, um pedido de investigação contra José Serra e o ex-diretor da Dersa (estatal paulista responsável pelo Rodoanel), Paulo Vieira de Souza (Paulo Preto), acusado de desviar R$ 4 milhões destinados à campanha de Serra para suposto caixa dois.

A denúncia, veiculada pela revista IstoÉ, incorporou-se à campanha do PT depois que a candidata petista à presidência, Dilma Rousseff, levantou a polêmica em debate com o adversário tucano. Dilma usou a denúncia para se defender de questionamentos sobre  as acusações de corrupção envolvendo a ex-ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra. Vaccarezza e Ferro, contudo, negam interesses eleitorais.

Nesta segunda-feira, 18, a oposição também realizou uma ofensiva judicial no Ministério Público, pedindo na Procuradoria Geral da República uma investigação contra o diretor de Planejamento e Engenharia da Eletrobras, Valter Cardeal, ligado politicamente a Dilma Rousseff. Cardeal teria conhecimento da emissão de garantias fraudulentas para que uma empresa privada subordinada à Eletrobras obtivesse um empréstimo externo.

Deixe um comentário