Governador do DF demite o filho e o irmão da ex-ministra Erenice Guerra

Luciana Lima
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O governador do Distrito Federal, Rogério Rosso, determinou hoje (16) a demissão de Israel Guerra e José Euricélio Alves de Carvalho, respectivamente filho e irmão da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra. Os dois ocupavam cargos de confiança em estatais do DF: Israel na Companhia Imobiliária do Distrito Federal (Terracap) e José Euricélio na Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

Em nota, o governador informou ter determinado a suspensão de todos os  pagamentos que Israel Guerra tenha a receber da Terracap e a abertura de um procedimento pela Corregedoria-Geral do Distrito Federal para investigar possíveis irregularidades que teriam sido cometidas pelo filho de Erenice Guerra durante o tempo em que esteve empregado.

“À Corregedoria-Geral do Distrito Federal foi determinada a imediata abertura de procedimento administrativo para apurar eventuais irregularidades cometidas pelo ex-empregado no exercício de suas funções, que pode resultar, como penalidade, em ressarcimento ao Erário dos valores recebidos como salário”, destaca a nota assinada pelo governador.

De acordo com reportagem publicada pelo jornal Correio Brasiliense, da capital federal, o filho da ex-ministra era funcionário da Terracap desde 2008, mas não aparecia no trabalho. O salário de Israel, de acordo com a reportagem, era de R$ 6,8 mil por mês.

Já o irmão da ex-ministra, José Euricélio Alves de Carvalho, funcionário da Novacap, é investigado em processo movido pela Controladoria-Geral da União (CGU), suspeito de desviar ou mal empregar recursos da Universidade de Brasília. Carvalho foi contratado no início do ano pelo governo do Distrito Federal.

Edição: Vinicius Doria

Deixe um comentário