Gilberto Carvalho considera desespero supostas declarações de Marcos Valério

Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse hoje (5) que considera desespero as supostas declarações do publicitário Marcos Valério ao Ministério Público. O publicitário é um dos condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, acusado de ser um dos operadores do esquema.

De acordo com reportagem publicada na revista Veja, Marcos Valério afirmou que o PT lhe pediu para conseguir dinheiro para “calar um empresário” que ameaçava envolver o ex-presidente Lula e Gilberto Carvalho no caso do ex-prefeito de Santo André (SP), Celso Daniel, assassinado em 2002. Segundo a revista, os dois sofrem extorsão por pessoas envolvidas na morte de Celso Daniel.

“Nunca vi Marcos Valério, nunca falei com ele nem por e-mail, nem nada. Nunca ouvi falar de chantagem em Santo André. Tem que respeitar o desespero dessa pessoa”, disse o ministro Gilberto Carvalho a jornalistas após participar de cerimônia no Palácio do Planalto.

Segundo Carvalho, não há hipótese de envolverem Lula no caso Celso Daniel. “Não vão conseguir. O presidente Lula nunca teve nada com essa história. Se tem algo que não nos preocupa é isso, o presidente Lula tem uma vida e uma prática que o povo brasileiro conhece”, explicou.

Edição: Carolina Pimentel//Texto atualizado às 17h30

Deixe um comentário