Genoino critica emendas pró-aposentados

Por Eduardo Militão -congressoemfoco.com.br

O líder do PT em exercício na Câmara, José Genoino (SP), protestou  contra o fim do fator previdenciário, aprovado pelos deputados. Ele criticou também o aumento de 7,72% nas aposentadorias superiores a um salário mínimo. Genoino creditou a aprovação das emendas pré-aposentados a um clima eleitoral.

“É uma onda de votar de qualquer jeito. É um absurdo o que estão fazendo aqui. Estão brincando de aumentar despesas”, reclamou o deputado. Genoino afirmou que o fim do fator previdenciário, que reduz o valor das aposentadorias, é a “coisa errada mais grave” que aconteceu na noite de hoje na Câmara.

“Estão fazendo pré-campanha eleitoral. É um rombo de alguns bilhões na Previdência.” As matérias vão ao Senado. Genoino afirmou que, se forem aprovadas, deverão ser vetadas pelo presidente Lula.

Deixe um comentário