Mundo  

França inicia repatriação voluntária para ciganos

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Estratégia de desmantelamento de acampamentos visa levantar a popularidade do presidente francês, Nicolas Sarkozy.
 
O governo francês começou hoje a desmantelar acampamentos e repatriar ciganos, a maioria dos quais romenos, que viviam no país ilegalmente, de acordo com autoridades do governo francês. A decisão, considerada discriminatória por grupos de direitos humanos, foi anunciada no fim de julho como parte de uma estratégia de combate ao crime que visa a alçar a popularidade do atual presidente Nicolas Sarkozy, cujo índice de aprovação está em baixa há vários meses.

Os primeiros dois grupos de ciganos romenos repatriados pela França chegou hoje a Bucareste e Timisoara. Até o fim de agosto, cerca de 700 outros deixarão Paris em direção à Romênia e à Bulgária, dando seguimento ao que o governo francês vem qualificando como “retorno voluntário”.

De acordo com a França, cada adulto que aceitou deixar o país recebeu um subsídio de US$385 e mais 100 euros para cada acompanhante menor de idade. Reconhecendo que não conseguirão impedir os Roma de tentarem regressar ao país, autoridades francesas criaram um cadastro com dados biométricos dos que partiram para evitar que os ciganos recebam a recompensa mais de uma vez.

Determinados a provarem a eficácia da estratégia, autoridades francesas pressionam o governo romeno para que ajudem a reintegrar os Roma na sua terra natal. A maior preocupação de Bucharest, que atualmente considera Paris como um aliado nas negociações para a entrada do país na União Europeia, é que a França pode querer bloquear a inclusão da Romênia na zona de territórios europeus que podem ser visitados sem passaporte.

Deixe um comentário