Brasil  

Fim do celibato pode ser o próximo tema abordado pelo papa

.

timthumbjDesde o início de seu pontificado, o papa Francisco vem demonstrando que prefere o debate à doutrina, mesmo em temas espinhosos para a Igreja, como o homossexualismo.

Agora, após uma recente conversa com um bispo do Brasil sobre a escassez de padres na região da Amazônia, Francisco parece prestes a incluir outro tema controverso em sua agenda: o casamento de padres.

No mês passado, durante um encontro com o papa, o bispo austríaco Erwin Krautler, líder de uma diocese no Pará, falou sobre como a falta de padres afeta a Igreja Católica, especialmente no Hemisfério Sul. A diocese de Krautler, por exemplo, é a maior do Brasil, mas tem apenas 27 padres para cerca de 700 comunidades católicas.

Krautler também falou ao papa sobre igrejas no México que tinham diáconos, mas nenhum padre. Quando o papa questionou como as coisas chegaram a esse ponto, Krautler levantou a questão do casamento de padres.

No dia seguinte, em entrevistas a um jornal austríaco, Krautler revelou a resposta do papa. “O papa disse que os padres locais, que estão familiarizados com as suas necessidades, têm de ser corajosos e fazer sugestões concretas”, disse o bispo.

Krautle disse ainda que o papa pediu que os bispos locais façam conferências, discutam as reformas que buscam, entrem em consenso e levem as sugestões para Roma.

Não demorou muito para que outros padres abordassem o tema. Na Grã Bretanha, três prelados disseram que vão discutir a questão em uma reunião de eclesiásticos britânicos e do País de Gales a ser realizada ainda este mês.

O fato do papa Francisco estar aberto à mudança não é nenhuma surpresa. Quando ainda era o cardeal Jorge Mario Bergoglio, na Argentina, ele declarou que “o celibato pode acabar, pois é uma questão de disciplina, não de fé”.

 

                 www.opiniaoenoticia.com.br-Fim do celibato pode ser o próximo tema abordado pelo papa

Deixe um comentário