FIFA teria recebido propina para eleger Catar como sede da Copa de 2022

timthumb.phpDe acordo com um relatório de 11 páginas obtido pelo jornal Sunday Times , o ex-representante do Catar na FIFA, Mohamed Bin Hammam, teria pago US$ 5 milhões a membros da entidade em troca de apoio à candidatura do pais um ano antes da escolha, em dezembro de 2010.

Deixe um comentário