Feliciano sai em defesa de Levy Fidélix: “Vivemos a ditadura gay”

Marco-Feliciano-Fidélix_pqnO deputado-federal Marco Feliciano (PSC-SP) saiu em defesa do ex-candidato à presidência da república Levy Fidélix (PRTB-SP), condenado a pagar R$ 1 milhão por declarações homofóbicas na semana passada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Segundo o parlamentar, a condenação é fruto de uma “ditadura gay” e abre um precedente perigoso.

Deixe um comentário