Brasil  

Executivo vai devolver R$ 40 mi na Lava Jato

.
images_cms-image-000401837Em acordo de delação premiada, Julio Camargo, da Toyo-Setal, empresa que tem contratos de cerca de R$ 4 bilhões com a Petrobras, pagará multa e promete revelar detalhes do esquema de corrupção contra pena menor; ele afirma que senadores petistas receberam 38% dos R$ 6,7 mi que repassou a 13 siglas entre 2006 e 2014 Primeiro executivo a assinar acordo de delação premiada na operação Lava Jato, Julio Camargo, executivo da Toyo-Setal, afirma que repassou R$ 6,7 milhões a 13 partidos entre 2006 e 2014 – só o PT teria recebido R$ 2,56 milhões, o equivalente a 38% do total. A empresa tem contratos de cerca de R$ 4 bilhões com a Petrobras.

Deixe um comentário