Executiva demitida pelo Santander diz na Justiça que PT “exigiu” sua saída

A executiva demitida do Banco Santander após divulgação de uma mensagem eletrônica em que alertava clientes de alta renda sobre os “riscos da reeleição” da presidente Dilma entrou com ação na Justiça do Trabalho contra a instituição financeira. No processo, Sinara Polycarpo Figueiredo nega ligação com o email cuja autoria é atribuída a ela, diz ter sofrido perseguição do PT.

Deixe um comentário