Exame de sangue pode revelar depressão em jovens

Uma pesquisa desenvolvida por cientistas da Universidade Northwestern, dos EUA, e publicada na revista médica Translational Psychiatry, revelou que um exame de sangue pode ser capaz de detectar depressão em jovens.

Leia também: Cogumelos alucinógenos, remédios contra a depressão?

Para chegar a essa conclusão, os cientistas analisaram um conjunto específico de características encontradas no sangue.

O diagnóstico de depressão em adolescentes tende a ser mais complicado por causa das habituais mudanças de humor nesta fase da vida. Atualmente, o diagnóstico da doença depende da capacidade do paciente em relatar os sintomas.

A principal pesquisadora do estudo, a professora Eva Redei, ressaltou que “o diagnóstico precoce e a classificação específica da depressão precoce pode levar a um maior repertório de tratamentos mais eficazes e cuidados individualizados melhores”.

Perigos da depressão na adolescência

A nova pesquisa também traz indícios de que é possível diagnosticar subtipos de depressão a partir do exame de sangue.

Os autores do estudo afirmam ainda que os adolescentes depressivos que não tratam a doença têm mais chances de abusar das drogas, desenvolver doenças psíquicas, e enfrentar problemas de desenvolvimento.

A pesquisa contou com a participação de 28 adolescentes com idades entre 15 e 19 anos. Metade sofria de um grau maior de depressão, sem tratamento, e outros 14 eram jovens não-deprimidos. No exame de sangue nos adolescentes, os cientistas identificaram 26 marcadores genéticos. Onze destes marcadores distinguiram os adolescentes deprimidos dos não-deprimidos.

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Deixe um comentário