Saúde  

Estudo aponta que vírus H1N1 começa a sofrer mutação

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Na Austrália, na Nova Zelândia e em Cingapura, já há a predominância de uma linhagem ligeiramente nova.

Pesquisadores da Universidade Melbourne, na Austrália, afirmaram nesta quinta-feira, 22, que há possibilidade de o vírus H1N1, causador da gripe A, estar começando a sofrer mutação. Na Austrália, na Nova Zelândia e em Cingapura, já há a predominância de uma linhagem ligeiramente nova.

Ainda serão necessários novos estudos para saber se a nova cepa é mais mortal que a primeira – que já causou epidemia de gripe suína no mundo. Mesmo assim, os especialistas afirmaram a possibilidade de a linhagem ser mais mortal. Além disso, será investigado se a vacina vigente continua a garantir total proteção contra a doença.

“No entanto, isso pode representar o início da mais dramática deriva antigênica da pandemia de gripe A, o que pode exigir uma atualização da vacina antes do esperado”, afirmaram os especialistas do Centro de Colaboração de Pesquisa e Referência sobre Influenza (ligado à Organização Mundial da Saúde) na publicação online Eurosurveillance.

Os vírus da gripe sofrem mutação constantemente. Desde que eclodiu, em março de 2009, e foi difundido globalmente, o H1N1 tem se mantido estável, com quase nenhuma alteração significativa, afirmaram os especialistas.

Deixe um comentário