Brasil  

Estatal brasileira compra da Rede Globo direito de retransmitir Copa

Milton Júnior
Do Contas Abertas

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que controla as emissoras públicas federais, assinou contrato de compra com a Rede Globo para adquirir o chamado “direito de rádio” sobre as transmissões da Copa do Mundo 2010, que será realizada na África do Sul. A autorização, segundo informações publicadas no Diário Oficial da União, sairá por U$ 230 mil, cerca de R$ 420 mil. O contrato permite que a estatal retransmita as cerimônias de abertura, encerramento, premiação de gala, além de uma série de partidas de interesse ao Brasil.

O contrato foi realizado sem licitação, pela inviabilidade de competição, já que a Rede Globo é a detentora dos direitos de transmissão por contrato que mantém com a Fifa. As emissoras interessadas em transmitir os jogos somente podem sublicenciar o direito que é exclusivo da Globo. De acordo com a assessoria de imprensa da EBC, as emissoras da estatal pagaram um valor bem inferior ao praticado com as emissoras comerciais – U$ 350 mil, informa. “A negociação não pôde ser realizada para transmissões de imagens pela TV Brasil, pois os valores cobrados pela Globo são muito altos”, afirma.

De acordo com a assessoria, o contrato feito com a EBC prevê que as oito emissoras de rádio da empresa poderão utilizar o direito de transmissão. Mas o direito não poderá se estender às demais emissoras públicas de rádio do país que, se tiverem interesse, também terão de pagar à Globo.

O que e quem ouvirá

Serão transmitidas as 28 partidas da fase inicial da Copa do Mundo: três da seleção brasileira, os jogos de alguns cabeças de chaves (Itália, Inglaterra, Alemanha, Espanha), dos países do continente americano (EUA, México, Honduras, Chile, Uruguai, Paraguai e Argentina) e das seleções africanas (África do Sul, Costa do Marfim, Nigéria, Argélia, Gana e Camarões). A partir da etapa inicial, as transmissões dependerão da classificação ou não do Brasil e dos demais times que se classificarem.

As transmissões serão feitas “off tube”, quando o narrador não está no local do jogo, por locutores, narradores e comentaristas situados no Rio de Janeiro, enquanto uma equipe de reportagem faz a cobertura local na África do Sul. As transmissões serão feitas para o Rio de Janeiro (Nacional AM e MEC AM), para Brasília (Nacional AM) e para a Amazônia (Nacional OC da Amazônia e Nacional AM e FM do Alto Solimões).

Acompanhe o Contas Abertas no Twitter.

Deixe um comentário