Entradas de dólares no país superaram saídas em US$ 8,48 bilhões em setembro

Kelly Oliveira
Repórter da Agência Brasil

Brasília – As entradas de dólares no país superaram as saídas em US$ 8,484 bilhões, em setembro, segundo dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (5). No mesmo período do ano passado, o fluxo cambial também foi positivo, mas com saldo maior maior: US$ 13,726 bilhões.

No período, o segmento financeiro (registro de investimentos em títulos, ações, remessas de lucros e dividendos ao exterior, entre outras operações) ficou negativo em US$ 274 milhões, enquanto o comercial (relacionado a operações do comércio exterior) registrou saldo positivo de US$ 8,758 bilhões.

De janeiro a setembro, o fluxo cambial ficou positivo em US$ 68,298 bilhões, ante US$ 17,122 bilhões de igual período do ano passado. Nos nove meses do ano, o fluxo financeiro ficou positivo em US$ 30,425 bilhões e o comercial em US$ 37,872 bilhões.

Com a alta da moeda norte-americana, o BC interrompeu, no último dia 14, as compras de dólares no mercado à vista. Assim, as compras de dólares do Banco Central no mercado à vista ficaram em US$ 327 milhões, em setembro.

Os dados do BC também mostram que, em setembro, os bancos ficaram com posição de câmbio comprada em US$ 1,296 bilhão, uma mudança de estratégia das instituições financeiras. Em agosto, os bancos fecharam em posição vendida de US$ 6,257 bilhões, o que indicava aposta na queda do dólar. As instituições não ficavam em posição comprada desde de março de 2010 (US$ 453 milhões).

Edição: Juliana Andrade

Deixe um comentário