Em confronto direto, Serra tem 9 pontos de vantagem para Dilma, diz Ibope

Por Fábio Góis – congressoemfoco.com.br 

Em simulaçã do Ibope apenas com os dois, num provável segundo turno, Serra tem nove pontos de vantagem sobre Dilma.

O instituto Ibope divulgou nesta quarta-feira (21) mais uma pesquisa, encomendada pelo jornal Diário do Comércio, sobre as intenções de voto para candidatos à Presidência da República. No cenário mais provável, sem o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) e com Marina Silva (PV-AC), Serra tem 40% e Dilma chega 32%, enquanto Marina fica com 9%. Nesta situação, brancos e nulos são 11% e indecisos, 9%. No cenário de confronto direto entre Dilma e Serra, no segundo turno, o tucano reúne 46% e Dilma aparece com 37% das intenções de voto. Brancos e nulos são 10%, e indecisos, 8%.

Na entrevista espontânea, sem candidatos sugeridos, a pré-candidata petista Dilma Rousseff aparece com ligeira vantagem contra José Serra (PSDB): 15% das preferências é da ex-ministra, enquanto o ex-governador de São Paulo tem 14%. Lula vence com 16%, enquanto Aécio, Marina Silva (PV) e Ciro Gomes (PSB) têm apenas 1%. Indecisos somam 42% e votos brancos ou nulos foram 9% das respostas.

Na questão induzida, na qual foram sugeridos quatro nomes (Dilma, Marina, Serra e Ciro), Serra registra 36% das intenções, contra 29% de Dilma. Marina e Ciro alcançam 8% das repostas. Nesta simulação, brancos ou nulos são 10% e indecisos, 9%.

Lula

A avaliação do governo Lula continua em alta: 36% dos entrevistados consideram ótima a sua gestão, enquanto 40% avaliam como boa. A chancela de “ruim” foi dada por 3%, enquanto “péssimo” chegou a 2% e “regular” foi a opinião de 18% das pessoas ouvidas.

A maneira como Lula governa também agrada à grande maioria: 83% disseram aprovar o modelo de gestão do petista, enquanto 14% desaprovam. Os que não sabem são 3% e os que não responderam somam 1%.  

Continuidade

Os entrevistados também opinaram sobre o futuro governo: 30% disseram querer poucas mudanças e continuidade para muita coisa executada pela gestão atual, enquanto 35% querem “total continuidade” ao governo Lula. O desejo pela permanência só de alguns programas em curso e por mudanças significativas totalizaram 24% das respostas. Apenas 9% queriam um governo totalmente diferente do que está em andamento.

Outro dado sobre o conhecimento geral dos entrevistados chama a atenção: 7% deles jamais ouviram falar de Dilma até o momento em que a pesquisa foi realizada. Já Marina era desconhecida por 28% dos entrevistados, seguida de Ciro (5%) e Serra (1%).

A equipe do Ibope realizou 2002 entrevistas em 141 municípios. A margem de erro máxima estimada é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo 9070/2010.

Deixe um comentário