Eduardo Campos se declara contra o aborto

timthO pré-candidato à presidência, Eduardo Campos, disse que é contra a descriminalização do aborto no Brasil. Ele defendeu a manutenção da atual legislação brasileira sobre o tema, que proíbe a prática mas prevê três circunstâncias em que o aborto é permitido: em casos de estupro, risco à vida da mulher e fetos anencéfalos.

Deixe um comentário