Dutra rebate críticas e Temer destaca parceria entre PMDB e PT, em convenção

Renata Giraldi e Iolando Lourenço
Repórteres da Agência Brasil

Brasília – Em clima de palanque, o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, rebateu  as críticas dos integrantes do PSDB sobre eventuais mudanças negativas que seriam promovidas pela pré-candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff.

Bem-humorado, Dutra cantarolou um jingle em homenagem à Dilma. “Eita que eles [os integrantes da oposição ao governo do PT] estão aperreados, é treze [número do PT], é treze, é treze para Dilma para todo lado.”

“Tenho a convicção que nós vamos dar continuidade ao projeto que está mudando o Brasil, que conciliou o crescimento econômico, a um processo que fez com que 50 milhões de brasileiros saíssem da linha da pobreza, por isso estão tão aperreados”, afirmou Dutra.

Hoje o PT faz convenção nacional em Brasília para homologar a candidatura da ex-ministra Dilma Rousseff à Presidência da República e referendar a indicação do deputado Michel Temer (PMDB-SP) como vice na chapa encabeçada pela petista. A expectativa é que cerca de 2 mil pessoas participem do evento.

“Não foi à toa que o PMDB fez a aliança. Foi na convicção de que estava fazendo uma aliança programática para o Brasil. Tem muito Brasil pela frente. Muito o presidente Lula já fez. O PMDB vai entrar nesta com sua alma, não apenas com o raciocínio”, disse Temer, referindo-se à parceria entre o PT e o PMDB na busca pela vitória nas eleições presidenciais.

O tom de homenagem às mulheres predominou na convenção nacional do PT. Famosas e desconhecidas foram homenageadas na presença do presidente Lula, da ex-ministra Dilma e de várias autoridades. Uma das mais aplaudidas foi Maria da Penha – que deu origem à lei de mesmo nome, que prevê mais rigor às agressões contra mulheres.

Um filme de menos de dez minutos mostrou imagens de Anita Garibaldi, que lutou pela autonomia do Rio Grande do Sul, da compositora Chiquinha Gonzaga e da artista Patrícia Galvão, a Pagu, revelando que “essas mulheres mudaram o Brasil”. Em seguida, foi exposta a imagem de Dilma e a frase: “A Dilma vai mudar o Brasil”.

Edição: Andréa Quintiere

Deixe um comentário