Brasil  

Doleiro fará “confissão total” em delação

.

:
.
Depois do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato, começará a dar depoimentos a partir dessa semana, segundo seu advogado, Antonio Figueiredo Basto; “Acordo de colaboração pressupõe a confissão integral dos fatos, responder todos os fatos que for perguntado, a responsabilidade em colaborar com a Justiça”, anuncia; “As outras pessoas (apontadas por Youssef) vão ter o direito de se defender”, acrescenta; nomes de empreiteiras devem vir à tona em nova onda de denúncias; advogado garante não ter sido procurado por nenhuma ou qualquer outro investigado

A delação premiada do doleiro Alberto Youssef, preso desde 17 de março no âmbito da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, consistirá na “confissão total dos fatos”, afirmou seu advogado, Antonio Figueiredo Basto.

Deixe um comentário