Dirigente da Fifa desviou verba doada às vítimas de terremoto no Haiti

.
timthumUm dos dirigentes da Fifa investigados pelo FBI, Jack Warner é acusado de desviar dinheiro doado às vítimas do terremoto no Haiti. O desastre natural ocorreu em janeiro de 2010, deixando mais de 200 mil mortos, 250 mil casas destruídas e milhões de pessoas afetadas.

Leia mais: Sede da Conmebol no Paraguai tem imunidade igual a de uma embaixada
Leia mais: Joseph Blatter renuncia à presidência da Fifa
Leia mais: Zico considera se candidatar à presidência da Fifa

Pouco tempo após o terremoto, a Fifa anunciou que enviaria US$ 250 mil ao Haiti para auxiliar os desabrigados e, principalmente, para reconstruir o futebol local. Outros US$ 750 mil seriam enviados por parceiros sul-coreanos da entidade.

De acordo com as investigações do FBI, a verba foi desviada pelos dirigentes da Fifa. Jack Warner, na época vice-presidente da entidade e presidente da Concacaf, teria levado US$ 750 mil do total doado. Segundo FBI, o dinheiro foi enviado às contas pessoais de Warner.

O terremoto de 2010 destruiu a sede da Federação Haitiana de Futebol e matou cerca de 30 pessoas no local, entre jogadores, técnicos e dirigentes. No momento do tremor, havia uma reunião no prédio da entidade para planejar a estruturação do time nacional profissional.

Deixe um comentário