Diretor do FMI estima crescimento do Brasil em 7% este ano

Vinícius Konchinski
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – O diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, afirmou hoje (25) que a economia brasileira pode crescer até 7% este ano. Ele disse, porém, que um crescimento desse nível, num longo prazo, pode trazer riscos ao país.

Em entrevista, Strauss-Kahn respondeu sobre a expectativa de crescimento de 7%: “este ano, provavelmente, é o que está sendo esperado. Mas eu não acredito que o Brasil possa crescer, vários anos, 7%.”

Segundo ele, caso o Brasil cresça nesse patamar, pode haver problemas. “O máximo que nós observamos, nesses dias, é um crescimento de 4,5%, 5%. Agora, com 7% você começa a ter um superaquecimento da economia. E é preciso reduzir o ritmo”, advertiu.

Edição: Lana Cristina

Deixe um comentário