Diretor de Tropa de Elite 2 nega apoio a Dilma Rousseff

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

O nome do cineasta José Padilha constava na lista de artistas e intelectuais que teriam declarado apoio à candidata petista.

José Padilha, diretor do filme Tropa de Elite 2, negou, nesta terça-feira, 19, ter assinado um manifesto de artistas e intelectuais a favor da candidata do PT à presidência, Dilma Rousseff.

“Ao contrário do que certos sites e tweets têm afirmado, e do que consta em lista de apoio enviada por um grupo que apoia a candidata do PT para os grandes jornais brasileiros, eu não aderi a candidato algum nesta eleição pelos motivos explícitos em Tropa de Elite 2”, disse o cineasta, em nota.

Padilha se referia a uma lista, divulgada num evento de Dilma com artistas e intelectuais no Rio de Janeiro, na qual centenas de personalidades declararam apoio à candidata petista. O nome de Padilha aparecia em destaque, entre os primeiros 100 artistas citados.

Leia a nota de José Padilha na íntegra:

“Parafraseando o filósofo americano Henry David Thoreau, gostaria de esclarecer que eu não pertenço a nenhum partido, grupo político, agremiação, sindicato ou lista de apoio a candidatos, na qual eu não tenha me inscrito voluntariamente; e que ao contrário do que certos sites e tweets têm afirmado, e do que consta em lista de apoio enviada por um grupo que apóia a candidata do PT para os grandes jornais brasileiros, eu não aderi a candidato algum nesta eleição pelos motivos explícitos em Tropa de Elite 2. É uma pena que a falta de crítica e de compromisso com a verdade esteja sendo a principal marca dos dois lados desta campanha presidencial. Um desrespeito ao eleitor brasileiro.

José Padilha, diretor de Tropa de Elite 2?

Deixe um comentário