Dilma tem 40% das intenções de votos e Serra 35%, segundo CNI/Ibope

Por Rodolfo Torres – congressoemfoco.com.br

Como já pareciam apontar as pesquisas anteriores, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, ultrapassou seu principal adversário, José Serra, do PSDB. As pesquisas dos últimos meses já mostravam como Serra foi perdendo a vantagem que tinha até os dois candidatos aparecerem empatados. Seguindo a tendência de crescimento, Dilma aparece agora pela primeira vez à frente de Serra na pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quarta-feira (23). De acordo com a pesquisa, Dilma tem 40% das intenções de voto. Está cinco pontos percentuais à frente de Serra, que aparece com 35%. Por sua vez, a candidata do PV, senadora Marina Silva (AC), registra 9%.

Nesse cenário, o Ibope considerou apenas os três candidatos mais bem colocados nas pesquisas. Foi feito ainda um outro levantamento no qual aparecem todos os 11 candidatos que dizem pretender disputar a sucessão do presidente Lula. Nesse cenário, Dilma mantém a vantagem sobre Serra, embora o percentual de intenção de votos de ambos diminua. Dilma aparece com 38,2%; Serra, com 32,3%, e Marina, com 7%. Dos demais candidatos, o que aparece na frente é Ciro Moura, do PTC, com 0.9%. Em seguida, vem Levy Fidélix, do PRTB, com 0,3%; Ivan Pinheiro (PCB), Zé Maria (PSTU), e José Maria Eymael (PSDC), com 0,2%; Américo de Souza (PSL), Mário de Oliveira (PTdoB) e Oscar Silva (PHS), com 0,1%. Plínio de Arruda Sampaio (PSol) teve zero.

Na pesquisa Ibope anterior, divulgada em março, Dilma estava empatada tecnicamente com Serra. A petista registrava 33% contra 35 do tucano. Marina detinha 8 %.

Num eventual segunda turno entre Dilma e Serra, ela teria 45% dos votos válidos contra 38% de Serra. “Uma situação inversa da que era observada há três meses”, afirma o levantamento.

A pesquisa, cuja margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, foi realizada entre os dias 19 e 21 deste mês com 2.002 pessoas em 140 municípios.

Outro recorde

A pesquisa também aponta um recorde: 85% dos brasileiros aprovam a forma de o presidente Lula governar o país. O índice é dois pontos percentuais acima da rodada de março. A confiança no presidente também é recorde: 81% confiam em Lula, o que representa quatro pontos acima da rodada anterior.

Em relação ao governo, a avaliação positiva permaneceu estável: 75% consideram o governo “ótimo” ou “bom”.

Deixe um comentário