Dilma reage ao caso Wikipédia: “inadmissível”

images_cms-image-000386555A presidente Dilma Rousseff se manifestou sobre a denúncia de que computadores do Palácio do Planalto foram usados para alterar as biografias dos jornalistas Miriam Leitão e Carlos Alberto Sardenberg na Wikipédia: “repudio integralmente”, afirmou. Ela disse ainda que será criada uma comissão interministerial de sindicância para se chegar aos responsáveis

Deixe um comentário