Dilma quer pouso suave da economia e defende Banco Central

Não correremos o risco de levar o país a uma taxa de “crescimento zero” para derrubar a inflação, pois os prejuízos seriam danosos. “Queremos um pouso suave da economia, com a inflação de um horizonte possível”, disse a um grupo de cinco jornalistas.

Deixe um comentário