Dilma é vaiada em exposição e defende a Petrobras

.
Fonte: Congresso em Foco
..
A presidenta Dilma Rousseff foi vaiada neste sábado (3) na abertura oficial da Expozebu, exposição que reúne empresários da agropecuária no Triângulo Mineiro. No evento, primeiro compromisso oficial da presidenta após o PT reafirmar sua pré-candidatura à reeleição, ela prometeu que o plano agrícola pecuário 2014-2015 vai ter mais recursos e mais facilidades na obtenção de crédito.

As vaias começaram quando Dilma recebeu a medalha alusiva aos 80 anos da Expozebu. E foram repetidas no início e no fim do discurso da presidenta. Ela não fez nenhum comentário sobre as manifestações.

A presidenta afirmou que o governo está aberto a sugestões para elaboração do plano agrícola que deverá ser anunciado ainda este mês. Também anunciou que um decreto do Ministério do Meio Ambiente formalizando a entrada em vigor do cadastro ambiental rural vai ser publicado no “Diarío Oficial da União”, na próxima segunda (5).

Em Minas Gerais, terra do adversário Aécio Neves (PSDB) — presidenciável do PSDB, Dilma declarou ainda que a Petrobras, alvo de denúncias de irregularidades, cresceu durante a gestão do PT. Disse que é “inadmissível ficar querendo vender a Petrobras ou ficar trocando o nome da Petrobras”. Durante inauguração de uma fábrica de amônia, também no Triângulo Mineiro, ela disse que é inadmissível privatizar a estatal, como já foi cogitado no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Deixe um comentário