Desvio na Petrobras financiou campanha do PT, PP e PMDB, diz ex-diretor

paulorobertocostageraldomagelaagsenadoDurante duas horas de depoimento, ele afirmou que chegou ao posto com o objetivo de montar um esquema de propina para políticos. Costa contou ter realizado pagamentos divididos aos partidos “na proporção de 1% para um e 2% para outro”, nos contratos superfaturados de empreiteiras e fornecedores com a Petrobras.

Deixe um comentário