Desfile de PMs fardados em Parada Gay vira alvo de críticas

A declaração do governador Sérgio Cabral, de que policiais e bombeiros serão liberados para participar, com fardas e viaturas, da próxima Parada Gay,  foi ironizado pelo deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), que sugeriu a Cabral criar um batalhão de homossexuais no Corpo de Bombeiros do Rio.

Deixe um comentário