Descoberta do pré-sal pode dobrar reservas de petróleo

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Se as previsões se confirmarem, o país chegaria a 29 bilhões de barris, ficando entre os dez países com maiores reservas do mundo

A jazida de petróleo descoberta na Bacia de Santos pode ser a maior do país. Foi o que informou a Agência Nacional do Petróleo (ANP). A jazida de Libra tem reservas entre 3,7 e 15 bilhões de barris. O cálculo mais provável, de acordo com o órgão regulador, é de 7,9 bilhões de barris de petróleo, o que já a colocaria como a maior do Brasil.

Se as previsões se confirmarem, o país chegaria a 29 bilhões de barris, ficando entre os dez com maiores reservas do mundo. A descoberta localiza-se no chamado pré-sal, o novo horizonte de exploração brasileiro que fica em águas profundas do Atlântico e abaixo da camada de sal de dois quilômetros de espessura.

Nesta quinta-feira, 28, começou a ser explorada comercialmente a instalação de uma plataforma no campo de Tupi. As reservas deste campo podem transformar o Brasil em um dos maiores exportadores mundiais de petróleo.

“Até o momento a profundidade atingida no poço em Libra é de 5.410 metros, com 22 metros perfurados no pré-sal. A profundidade final prevista, de perto de 6.500 metros, calcula-se que será atingida no início de dezembro”, afirma o regulador.

Segundo a agência, a perfuração do poço Libra foi encomendada só para aumentar o conhecimento sobre o potencial do pré-sal, por isso que ainda não há previsão de quando começará a ser explorado.

A regulamentação específica para o pré-sal, aprovada este ano pelo Congresso, afirma que a exploração da jazida será concedida ao melhor licitante em um leilão público. No entanto, a Petrobras terá que ser o operador e ter participação no projeto.

Deixe um comentário