Brasil  

Deputado Tucano pede intervenção da Anatel na Telefônica

A Anatel poderá intervir na Telefônica, operadora responsável por um serviço campeão de reclamações  no Procon. E o autor do pedido de intervenção é um parlamentar do PSDB, justamente o  partido que é sinônimo da privatização sistema Telebrás durante o governo FHC.

O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) avalia que os problemas da companhia são muito graves. “É inacreditável a forma que ela desdenha o consumidor”, disse Sampaio em entrevista por telefone a Paulo Henrique Amorim.

Na última segunda-feira, dia 21, o deputado Carlos Sampaio protocolou um pedido para que a Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara proponha à Anatel a intervenção na Telefônica.

Segundo Sampaio, a qualidade dos serviços prestados pela concessionária permanece precária, mesmo depois de várias panes que ocorreram no ano passado, que levaram a Anatel a um primeira intervenção, que suspendeu temporariamente a venda de serviços de internet banda larga da empresa, o Speedy.

Sampaio não se intimida em incomodar a Telefônica, maior concessionária da telefonia nacional – um sistema inaugurado por um governo tucano. “A própria lei das concessões prevê a possibilidade de intervenção”, diz ele.

Um dos fatos que chamaram a atenção do deputado é o fato de a Telefônica de atribuir a má qualidade do serviço a uma empresa terceirizada, a Trópico em duas ocasiões, durante panes que ocorreram no ano passado e em 2009. “É como se eles não tivessem responsabilidade nenhuma em terceirizar o serviço para outra companhia”, disse o deputado.

Ouça a íntegra da entrevista com o deputado Carlos Sampaio.

Deixe um comentário