Deputado Miro Teixeira desiste de se candidatar ao governo do Rio

O deputado federal Miro Teixeira anunciou, nesta quinta-feira (19), a retirada de sua pré-candidatura ao governo do Rio de Janeiro pelo Partido Republicano da Ordem Social (Pros). Com essa decisão, o presidenciável Eduardo Campos (PSB) fica, por enquanto, sem palanque no estado. Em carta ao comando do Pros, o parlamentar reconheceu a falta de união em torno de seu nome no próprio partido e no PSB.

“A falta de ambiente para uma coligação efetiva ficou muita clara na ausência do partido à recepção a Eduardo Campos ao pé do Morro da Mangueira, quarta-feira passada. Lá esteve Romário, a quem estimulei, em várias oportunidades, a disputar o Senado. A ele, reitero meu apoio, ao mesmo tempo em que peço ao Pros que faça o mesmo. O tempo dedicado a intermináveis e recorrentes conversas e trocas de notas oficiais dos partidos nas últimas semanas foi o prenúncio de uma campanha eleitoral litigiosa entre aliados, o que me parece impróprio”, disse Miro.

Nas últimas semanas, deputados do PSB tentavam inviabilizar a aliança com o Pros sob o argumento de que a pré-candidatura de Miro Teixeira não tinha decolado. Na última pesquisa do Ibope, divulgada na última terça-feira (17), Miro Teixeira aparece com apenas 1% das intenções de voto. O levantamento apontou empate técnico entre o deputado federal Anthony Garotinho (PR) e o senador Marcelo Crivella (PRB), com 18% e 16%, respectivamente. Ambos são possíveis candidatos ao governo do Rio.

Mais sobre eleições de 2014

.

Fonte: Congresso em Foco

 

Deixe um comentário