Denunciado por corrupção, Collor chama Janot de “fascista”

970423-05082015-dsc_7024Em seu primeiro discurso público após ter sido denunciado por corrupção, o senador Fernando Collor voltou a acusar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de persegui-lo. Da tribuna do Senado, Collor chamou o procurador-geral de “fascista” e “sujeitinho à toa”.

Deixe um comentário