DEM aprova aliança e Índio como vice de Serra

Por: Rodolfo Torres – congressoemfoco.com.br

Em seu primeiro mandato parlamentar federal, deputado fluminense admite ter ficado surpreso com convite para compor chapa encabeçada por tucano.

Por aclamação, a convenção nacional do DEM aprovou a aliança com o PSDB e a indicação de Índio da Costa como candidato a vice-presidente da República na chapa encabeçada pelo tucano José Serra. O nome do deputado do DEM do Rio de Janeiro foi anunciado no início da tarde pelo presidente do partido, Rodrigo Maia. O parlamentar disse que foi surpreendido com o convite para disputar a eleição, e que não havia como recusar a oferta.

“Vou ser sincero com vocês: foi uma enorme surpresa. A chapa Serra e Índio da Costa é uma candidatura do Brasil”, discursou. O deputado fez ainda uma crítica ao governo do presidente Lula ao dizer que “ninguém agüenta mais ver como a coisa pública está sendo tratada” no país. 

Em seu primeiro parlamentar federal, Índio é afilhado político do ex-prefeito do Rio César Maia, de quem foi secretário de Administração. O deputado é advogado, tem 39 anos e foi um dos relatores do projeto que resultou na Lei da Ficha Limpa. Também teve atuação destacada na CPI do Apagão Aéreo, há dois anos. 

A escolha do parlamentar tenta acalmar os ânimos entre o PSDB e o DEM, que entraram em conflito no último fim de semana com o anúncio de que o senador tucano Alvaro Dias seria o vice de Serra.

Segundo o deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), um dos vice-presidentes do partido, o ex-governador paulista participou ativamente da escolha de Índio. “A gente traz uma pessoa nova para o processo. Uma pessoa que não estava sendo cogitada, mas que tem destacada atuação no Congresso”, disse ACM Neto. 

José Serra e Rodrigo Maia são aguardados no hotel onde está sendo realizada a convenção do DEM nacional, em Brasília. Os dois estavam reunidos em São Paulo para definir quem seria o vice da chapa.

Deixe um comentário